segunda-feira, 23 de julho de 2012


sAPOS SENTADOS

MESTRES DE VIDA                              Edmundo Teixeira



Quando trabalhamos ou vivemos com alguém, trocamos o que temos e multiplicamos também aquilo pelo qual interagimos.

Na troca se identificam e, às vezes, se avolumam as qualidades, mas também pode acontecer o mesmo com os defeitos, ou melhor, com os traços indesejáveis.

Por isso que, pela sabedoria, podemos fazer dos nossos conhecidos, verdadeiros mestres.

Com eles aprendemos mais acerca de nós mesmos e da vida; com eles melhoramos o nosso grau de compreensão e entendimento, com eles nos exercitamos e crescemos.

Entretanto, sem sabedoria, podemos Ter, ora amigos, ora inimigos, ora emoções prazerosas, ora raiva e ressentimento.

Enfim, um desgaste, que creio, não valer a pena.

Procuremos florescer nossa sabedoria, exercitando-nos em compreensão, exercitando-nos no não egoísmo, no companheirismo.

Deixe de lado algumas defesas inúteis, pois se você estiver atento e bem presente, não precisará delas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário