sábado, 28 de abril de 2012


sAPOS SENTADOS

O Exemplo da Aranha

Edmundo Teixeira


A aranha desprende do próprio corpo o líquido pegajoso com que forma sua teia para obter alimento. Depois de algum tempo engole os fios e vai reconstruí-Ia em outro lugar.

Que relação tem isto com nossa vida?

Não exprimimos também as "teias" de nossos pensamentos, emoções, palavras e atos, para o nosso crescimento interno e externo?

E também temos de rever e melhorar essas formas de expressão, porque se permanecemos sempre iguais nos estagnamos e acabamos retrocedendo.

A natureza não conserva nada parado: ou avança ou retrocede! 0 homem é um ser transitivo: por um impulso natural, busca novos e melhores complementos.

Engolir não é repetir: é rever, é reconhecer e transformar para melhor.

É inútil mudar de marido ou esposa, de emprego, cidade ou país, se levamos em nós o mesmo homem ou mulher.

É indispensável uma transformação interna para melhor, que aprimore a qualidade da "teia", a fim de atrairmos alimentos mais refinados, pois o semelhante atrai o semelhante, isto é, atraímos de fora o que somos por dentro...

Cada condição, cada experiência, cada atitude interna, é uma teia, útil como degrau para nossa elevação na escada evolutiva de Jacob.

Mas para subir ao degrau de cima, é necessário tirar o pé do degrau de baixo.


segunda-feira, 23 de abril de 2012


sAPOS SENTADOS
White Lie (mentira branca) Mentiras necessárias

Adaptação a um texto de Edmundo Teixeira


Pode parecer incoerente a existência de mentiras necessárias, porem acredito que todos já usamos de mentiras necessárias.

Assim por exemplo ao visitar uma pessoa doente com péssima aparência. Comentamos “ Você me parece bem melhor do que na ultima visita” Em outro caso elogios com objetivo de elevar auto estima.

..........................................................................................

A SINCERIDADE IDIOTA, A HIPOCRISIA E A PRUDÊNCIA.

Havia um rei de monstruoso nariz: por isso jamais permitira que o pintassem.
Mas na velhice, aceitou a tradição de que deveria deixar um retrato na galeria real.

Enviou arautos pelo reino a procura de artistas pintores que pudessem pintar um retrato de seu agrado. O escolhido receberia um vultoso premio. Porem quem o desagradasse seria enforcado.

Apresentaram-se três pintores. 

O primeiro pintou fielmente o rei, mas quando viu o nariz disforme na tela enfureceu-se e mandou enforcar.

O segundo artista temeroso, pintou o rei com um formoso nariz. O monarca sentiu-se ridicularizado e mandou enforcar o pintor.

O terceiro pintor , sabendo do interesse do rei pela caça, retratou-o atirando em uma raposa, com a coronha da arma a tampar-lhe o nariz.Aprovou de imediato o retrato e pagou a recompensa ao pintor.

Comentário:

Sábio é o que não cai nos extremos da hipocrisia nem da franqueza simplória. Ele contorna aspectos negativos e estimula o que realmente há de bom.

segunda-feira, 2 de abril de 2012

sAPOS SENTADOS
Uma lição da mitologia
Adaptação de texto de Edmundo Teixeira

Na mitologia Grega (tradição de sabedoria que lhe fundamentou a civilização áurea).

Cronos (Saturno) filho do Céu e da Terra,destronou o pai e ocupou o lugar dele na direção do mundo.

Desposou Cybele e com ela teve os filhos: Vesta, Ceres, Juno, Plutão e Júpiter.

Mas o oráculo, predisse que Cronos ,por sua vez seria também destronado por um dos filhos.

Por isso os ia devorando,no momento em que nasciam.

Quando nasceu Júpiter, a mãe o escondeu e, em seu lugar,deu uma pedra ao marido.

Mais tarde Júpiter destronou Saturno e,com uma drogas fê-lo vomitar seus irmãos imortais.
.............................................................................................
Cronos (Cronômetro,cronologia) representa o tempo e, consequentemente tudo o que se cristaliza com o tempo: hábitos,modos de pensar, agir e sentir.

Por melhores que sejam quando os formamos, tornam-se ultrapassados, muito prejudiciais ao nosso necessário desenvolvimento.

Quando tentamos corrigir, resistem. Querem a todo custo manter o domínio sobre nós. Devoram, pois todas as novas idéias e hábitos melhores que desejamos adotar.

Psicologicamente Cronos é a personalidade falsa que sempre resiste ao novo. Renega todas as idéias querendo manter seu ponto de vista sem aceitar questionamentos.

Mas o novo homem (Júpiter) protegido pela Essência (Cibele) consegue superar a velha criatura e trás de volta seus melhores dons (os irmãos)

Pratiquem a não resistência ,retire o melhor das coisas passadas porém aceite plenamente o novo....